Square news

LifeSquare realiza com sucesso o curso de Avaliação Cinemática em 3D e de Termografia do Movimento

por LifeSquare |

A LifeSquare realizou um curso sobre Avaliação Cinemática da Marcha e da Corrida em 3D e de Termografia do Movimento, nos dias 5 e 6 de maio, na sede do Ibirapuera. O evento foi comandado pela Dra. em Biomecânica Viviane Abrunhosa e pelos especialistas em Termografia, Marcelo Zangrande e Franciele de Meneck, além de contar com a participação de profissionais da área de saúde, como médicos, fisioterapeutas e educadores físicos.

A avaliação em 3D traz informações sobre vários parâmetros biomecânicos do complexo do joelho, tornozelo, quadril, com o objetivo de avaliar todos os fatores relacionados ao desequilíbrio da corrida e da marcha. Pode ser usada no tratamento e prevenção de lesões e também para avaliações pós-cirúrgicas. O sistema utilizado "3D Gait” é o mais específico e científico processo de análise de corrida e marcha disponível no mundo.

“Foi uma honra ser convidada pela LifeSquare para dar esse curso e mostrar para os profissionais da área da saúde o que é uma avaliação tridimensional e criar parcerias, já que temos uma ferramenta de ponta e se ela for bem utilizada, vai trazer benefícios tanto para o aluno quanto para o paciente e também para quem precisa prescrever um tratamento ou um programa de treino” , falou Viviane Abrunhosa, Doutora em Ciências Morfológicas e Mestre em Engenharia Biomédica.

Marcelo Zangrande falou sobre Termografia do Movimento, avaliação em que é utilizada uma câmera que capta imagens que mostram áreas com alteração de temperatura corporal para que seja feita uma análise mais específica para detectar algum tipo de desequilíbrio. A Termografia possui a capacidade de mensurar e mapear essa temperatura emitida pela superfície cutânea. Além disso, é um exame totalmente seguro, sem radiação, sem contraste e sem contraindicações.

“Nosso objetivo era trazer o pessoal que trabalha na linha de frente com corredores, como assessorias de corrida, fisioterapeutas e médicos, para que eles entendam nossas ferramentas de avaliação e como isso pode ajudar na evolução do trabalho deles e na performance dos seus alunos e atletas. Estou muito satisfeito com o evento e grato a professora Viviane que veio do Rio para nos ajudar a realizar este curso”, falou Marcelo Zangrande, preparador físico da LifeSquare e que é pós-graduado em Termologia do Movimento pela IBTM/ ABRATERM.

Mario Sergio Andrade Silva, diretor da assessoria de corrida Run&Fun, achou importante participar deste curso para ter mais conhecimentos científicos na área. “Essas informações são significativas para os treinadores e educadores físicos que estão em campo, principalmente para a realização dos treinos com atletas amadores. Nós queremos estar sempre próximos das novidades, para que possamos trabalhar de maneira mais segura com os nossos clientes/ atletas. Sem falar na troca de informação entre os profissionais, que eu acho fundamental”, afirmou Mario Sergio.

Uma dos principais objetivos das avaliações é a prevenção de lesões. A médica da Seleção Brasileira de Ginástica Artística, Ana Carolina Côrte, sabe da importância do assunto. “A ideia do curso é trazer uma tecnologia que mostre a avaliação biomecânica do gesto que é importante para um atleta de alto rendimento. Dentro da medicina esportiva, os médicos de hoje costumam atuar no tratamento de lesão, mas acredito que mais importante de tudo isso é atuar na prevenção da lesão. Então, conhecer o gesto a partir da biomecânica é o caminho do sucesso para que o atleta tenha o melhor desempenho por mais tempo”, disse Ana Carolina.

Maria Eugenia Ortiz é fisioterapeuta da Seleção Brasileira de Ginástica Artística há cinco anos e veio em busca de mais informações tecnológicas na área de fisioterapia. “Estou aqui para saber das novidades da área da fisioterapia esportiva, que é muito carente de comprovação científica. Temos feito um bom trabalho nesses anos, mas estamos em uma fase que podemos contar com a tecnologia para amparar a prática. Então, estou buscando mais conhecimento, para ajudar a comprovar os resultados da ginástica. O futuro da fisioterapia do esporte é melhorar a qualidade de movimento. E esse software que está sendo apresentado aqui, é uma ferramenta muito valiosa para o fisioterapeuta”, analisou.