Square news

Dieta Low Carb. Carboidrato não é o seu inimigo no emagrecimento

por LifeSquare |


O assunto é de interesse de todos que buscam o tão sonhado emagrecimento. Por isso, vamos começar com aquela perguntinha básica. Você sabe o que é a Dieta Low Carb?

Ao contrário do que se pensa não se trata da exclusão total dos carboidratos em nossa dieta, como esclarece a nutricionista esportiva da LifeSquare, Michelle Ferrari “É aderir a uma alimentação onde a quantidade do carboidrato é dosado, evitando-se o grande consumo de farináceos, açúcar e alimentos industrializados. Além disso, é uma dieta com maior quantidade de gorduras boas”.

Vale lembrar a importância de entender o verdadeiro funcionamento da dieta, uma vez que os carboidratos são a principal substância a ser convertida em fonte de energia, o famoso Trifosfato de Adenosina (ATP), que trabalha para que o nosso organismo desempenhe suas diferentes atividades.

Ele não deve ser nosso inimigo, mas em excesso e mal escolhido como os de alto índice glicêmico, os doces e os industrializados não são benéficos a nossa saúde. Esses alimentos são alguns dos responsáveis pelo aumento do aparecimento de pessoas com sobrepeso, obesidade e doenças crônicas como diabetes e hipertensão.


Benefícios

A considerável diminuição de carboidrato contribui sim para o emagrecimento, como explica nossa nutricionista

“Quando consumimos grande quantidade de carboidrato em uma refeição ou açúcar, acionamos uma maior liberação de insulina pelo pâncreas, a fim de reduzir a glicemia. Altos níveis desse hormônio estão relacionados com a dificuldade de emagrecer”.

Diminuir a ingestão de carboidratos também auxilia no controle de doenças crônicas como diabetes, dislipidemia (alto níveis de colesterol), hipertensão através da regulação dos níveis de insulina – hormônio responsável pelo controle de glicose (açúcar) no sangue.

Então você deve estar se perguntando: o que realmente devo ingerir durante esta dieta? Os principais alimentos passam a ser os legumes, verduras, frutas, peixes e carnes magras em geral. Michelle Ferrari faz um alerta. “É importante ressaltar que, embora a dieta não ofereça riscos à saúde, a orientação precisa vir de um profissional nutricionista habilitado para avaliar. Além disso, o objetivo não é cortar, e sim dosar o consumo de bons carboidratos em prol da saúde”.


Como iniciar uma dieta low carb?

Na realidade trata-se de um conceito de como se alimentar. Mais do que isso, é preciso buscar harmonia entre sono, praticar atividade física e modulação do estresse. Não basear a alimentação em alimentos industrializados, melhorar as escolhas por alimentos com baixo índice glicêmico, aumentar o consumo de fibras e gorduras boas.

Vale lembrar ainda que qualquer mudança drástica deve ser acompanhada por um nutricionista.


Para quem é aconselhável?

Para pessoas que querem perda de gordura, que tenham sobrepeso ou obesidade, colesterol alto, hipertensão, diabetes e esteatose hepática. Ela é contraindicada para crianças com peso adequado, atletas em periodização de performance, gestantes e lactantes.

Quer saber mais? Agende sua avaliação na LifeSquare!